Sexta-feira, 31 de Dezembro de 2010

 

 

 

 

Ergue-se o último dia do ano, o dia pelo qual meio mundo anseia, feliz e contente.O dia em que esse meio mundo anda à pressa,à procura dos últimos pacotes de passas e o melhor champanhe para abrir em cima de uma cadeira,na esperança de que o novo ano,quase próximo chegue e traga felicidade para todos.

Pela primeira vez, em 18 anos, a vontade de festejar o novo ano foi-me tirada,e consequentemente, tão pouco me interessa as correrias,as passas,o champanhe,até a roupa interior azul..

Vesti-me de preto, para mim estou de luto, pois tiraram.me aquilo que mais queria para o novo ano, aquilo que mais desejava.

Em 3 meses de paixão secreta,e em 3 meses de amor anunciado, a única coisa que pedi para que este ano acabasse melhor do que começou foi que estivesses presente e passasses esta noite comigo. Mas circunstâncias impediram que tu viesses, e que eu fosse ter contigo e agora a dor e a raiva impedem- me de mostrar um sorriso verdadeiro.

Não aguento a distância,não aguento estar sem ti e esperar mais dias sem te ver. Jurei para mim que desta vez,não ia desistir de ti,que ia lutar para ficar contigo até ao meu último dia de vida, porque pela primeira vez, é isso que sinto, e que sei que,aconteça o que acontecer, tu jamais farás algo para me magoar.

Sei que ficarás comigo, e que lutaremos contra tudo e todos para podermos ficar juntos

Sao 17:19, e a esta hora encontras-te na casa onde será a tua festa de passagem de ano,a festa que eu te incentivei a ir para estares junto do pessoal que não vês há imenso tempo, e eu, encontro-me hibernada no sofá na sala,o canto que tomei como meu nestes últimos dias,olhando para o anel que me ofereceste e que é a única coisa que faz com que eu sinta que de alguma maneira estás aqui comigo.

Para o novo ano que se avizinha,juro-te amor eterno e a certeza que jamais te deixarei,que lutarei por ti todos os dias.

E quando partires, não te preocupes que não ficarás sozinho.Eu partirei logo a seguir a ti,porque sempre te sussurrei que sem ti,nada faz sentido.

Se é isso que eu sinto,então de que serve estar num mundo onde tu já não estás?

 

 

Amo-te com todo o meu coração,com toda a minha alma.Para sempre.

 

Happy new year to all...


tags:
Feelings: vazia
Song: Hello- Evanescence

publicado por merosrabiscos às 17:03
Domingo, 04 de Abril de 2010

 

 

 

O vento que te tirou de mim, voltou e levou a minha inspiração!

Não sei o que escrever...Tudo o que me apetece dizer já aqui foi dito,e também já tu sabes!

 

 

Quero apenas umas asas para voar para longe...Voar até não sentir o bater das asas, voar até não sentir o vento na cara..voar até não te sentir no meu peito, na minha alma, na minha vida!

 

Quero voar até não sentir nada que não seja o cheiro de um Mundo Novo, que algures me espera!

Quero voar até não sentir que preciso de dizer que te amo, mesmo depois do que me fizeste chorar, mesmo depois do que me fizeste sofrer!


tags: ,
Feelings: frustrada
Song: Trovante- Noite de Verão

publicado por merosrabiscos às 23:38
Quinta-feira, 11 de Março de 2010

 

 

                

 

 

    Certo dia, na troca de palavras amorosas e promessas que na altura julgaa eternas,entrelacei as minhas mãos nos teus caracóis, encostei-me ao teu coração,e enquanto saboreavas aquele momento e o guardavas na memória, eu enviei-te um pedido, silencioso mas profundo:

   " Enleva o meu coração neste sonho que vivemos e não o deixes cair no vazio deste Mundo.Dá-lhe segurança e amor, ele acabará por se curar do passado e olhará para o futuro! Um futuro que quero passar contigo, viver contigo.

     E se o destino não nos deixar continuar a viagem juntos, então seguiremos por caminhos opostos, mas com o mesmo fim: "nós". Se quisermos, enganaremos este destino já traçado e escreveremos o nosso.

    Basta amares-me e lutares por mim, como até agora, bastará mostrares com um gesto,uma palavra ou com um olhar aquilo que sentes, bastará contares comigo, como sempre contaste.Mas não deixes o meu coração sem abrigo, não o atires fora como um mero artefacto.Ele é vida, pertence a alguém que te prometeu estar ao teu lado sempre, acontecesse o que acontecesse, a alguém que lutará por tiaté ao fim, contra tudo e contra todos,pertence a alguém que mostrará todos os dias que te ama,pertence a alguém cujo corpo,cuja alma abraças,Eu. Agora, entrego-me a ti e satisfaço o desejo que há muito me consumia por dentro: o de te beijar e amar."

    Embora não tenha dito em palavras, pedi-te isto através de uma batida de coração que acompanhou o teu.

    E tu, o que fizeste? Atiraste o meu coração para o mais fundo deste Mundo e viraste costas,esquecendo-o,esquecendo-me. Partiste para longe e deixaste-me só,há muito que me tinhas deixado.

    E enquanto o meu corpo tenta recuperar do choque, da rejeição, o meu coração repousa junto do coração da Terra, precisamente onde o deixaste, e só voltará quando recuperar deste amor perdido, pois enquanto ele bater por ti, ficará longe dos corações humanos, longe dos corações dos divinos..Repousará enquanto a ferida não cicatrizar.

    E  estas feridas,são feridas que atravessam corpo, mente e alma...


tags: ,
Feelings: Não há palavras
Song: Eu Não Sei Quem Te Perdeu- Pedro Abrunhosa

publicado por merosrabiscos às 22:49
"A escrita é a pintura da voz." (Voltaire)
mais sobre mim
Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO