Segunda-feira, 09 de Novembro de 2009

 Sabia que o dia seria díficil!

 Sonhei contigo a noite inteira, e sabia que não queria acordar, porque ao menos, no sonho, via-te e sentia-te ao pé de mim, sentia o teu cheiro, via o teu sorriso e perdia-me no teu olhar.

  Acordei zangada por ter sido apenas um sonho, porque a realidade é bem difcil de encarar e aceitar: já não me pertences, já não tenho o teu coração.

  Faço a minha rotina matinal numa espécie de transe, enredada nos meus pensamentos e lembrando-me sempre de ti e do sonho que tive. Não sei porquê, sinto que me vais ligar, sinto que vou ouvir a tua voz...E páro neste pressentimento: " Acorda, ele não te vai ligar, ele tem outra namorada e tu só pensas nisso porque continuas apaixonada por ele."

  Caminhei para apanhar o autocarro, bloqueando o sonho e bloqueando-te. Concentrei-me no que iria fazer nesse dia, mas bolas, não consegui!

  E quando pensei que nada podia piorar, começo a sentir o telemóvel a vibrar, sem parar. Olhei para o visor e o meu coração ribombou: és tu, e o teu nome perfeito a piscar, ainda com o @ e um coração. Não consigo mudá-lo para o teu apelido, que é como todos te chamam.

  És tu e a tua voz insuportavelmente perfeita, que enche o meu espírito de alegria e preenche o vazio que se instalou em mim durante meses... Naquele momento, em que te oiço a perguntar como estou e porque é que não te tenho dito nada, o meu mundo de pernas para o ar torna-se perfeito, apenas por uns minutos, e aí, sinto e percebo que é impossível não sentir isto, que é impossível não te amar tanto como no primeiro dia..Só que neste Presente do Indicativo não te tenho...Mas saber que estás bem e feliz e que te continuas a preocupar comigo tal como no primeiro dia, é o suficiente para viver satisfeita.

  


Feelings: Nem eu sei dizer
Song: Fix You- Coldplay

publicado por merosrabiscos às 15:06
Quarta-feira, 04 de Novembro de 2009

 

 

Na baía de Cascais
Avistei ao longe um barco a arder
Perguntaste porque o sonhava
Olhei ao céu, não pude responder

 

Vejo o mar nos teus olhos
Ao contar-te velhos quadros
Das viagens, que o mar soube esconder

 

Eu pinto esta baía assim
E são mil cores ao pé de mim
Nesta baía eu descobri
Tantas imagens perto de mim

 

Só, no cais
Vou recordar esse teu olhar
à deriva no mar

 

Lembro o mar nos teus olhos
Ao deixar neste quadro
a saudade, depois de te perder

 

Eu pinto esta baía assim
E são mil cores ao pé de mim
Nesta baía eu descobri
Tantas imagens perto de mim

 

 

 

 

Serás sempre a minha casa,sempre..
 


Feelings:
Song: Baía de Cascais- Delfins

publicado por merosrabiscos às 21:01
"A escrita é a pintura da voz." (Voltaire)
mais sobre mim
Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


posts recentes
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO