Quinta-feira, 03 de Dezembro de 2009

Ele abre as asas, pronto para voar, e eu digo:

 

 "Oh anjo,volta para mim,não me deixes sozinha neste confuso Mundos dos mortais! Deixa-me amar-te como só um mortal puro o sabe fazer.

   Deixa-me mostrar-te as coisas boas e positivas da vida, deixa-me ser o teu refúgio para as tuas tristezas e silêncios.

   Ama-me e olha-me, como sempre fizeste nestes últimos tempos,fala comigo com o teu à vontade..

   Mas peço-te anjo, não feches os teus olhos, não feches a tua voz,e principalmente,não feches a tua alma, e muito menos,o teu coração...Deixa-me proteger-te quando mais precisas,deixa-me ser a tua concha..

  Deixa-me ser eu, o teu anjo..."

  O anjo fechou as suas belas asas, agarrou-se a mim e disse:" Tudo se resolve pequena,tens-me aqui para tudo".

  E eu suspirei,e em bicos de pés,debruço-me para alcançar aquele anjo e ter a certeza de  que ele é real...

 

 

Sim,ele chama-me pequena,e sabem que mais?Eu adoro,pois é isso mesmo que sou: uma pequena e inocente criança mimada zx

 

 

 

DL,significas tudo!

 

 

 

 


tags: ,
Feelings: No céu
Song: O silêncio

publicado por merosrabiscos às 23:25
"A escrita é a pintura da voz." (Voltaire)
mais sobre mim
Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
16
17
18

21
22
23
26

31


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO